no e-mail marketing

Pare de fazer isso no e-mail marketing: 3 atitudes para deixar no ano passado

Um novo ano merece novas atitudes para o seu marketing, que prometem melhorar a performance de sua estratégia de e-mail, ajudando você a alcançar resultados inesperados em 2021. Novos costumes significam o abandono de antigos, entendendo aquilo que funciona melhor e se enquadra como uma boa prática no mercado.

Vamos te ajudar a identificar algumas atitudes que são maléficas para o seu marketing, que podem, inclusive, estar atrapalhando o crescimento de seus números e o desenvolvimento da sua estratégia de e-mail marketing.

São atitudes que não são recomendadas por nossos especialistas da Akna, contrariando as boas práticas do mercado em termos de confiança dos provedores de e-mail, relacionamento com seus contatos e crescimento da sua base (ou lista, como preferir dizer) alimentada por estratégias paralelas.

Será que algumas das atitudes listadas neste texto estão sendo feitas por você? Hora de pensar melhor e deixar isso para trás.

Leia também: E-mail marketing: como aumentar a taxa de engajamento

1. Compra ou troca de lista com terceiros

Adquirir contatos de terceiros, sejam empresas que concedem essas informações ou trocando com um de seus parceiros, não é uma boa atitude para a sua estratégia de e-mail marketing.

Colocamos aqui a “compra” e a “troca” de contatos na mesma categoria, pois elas representam a mesma ação que é maléfica para sua estratégia: a utilização de contatos de pessoas que nunca ouviram falar sobre a sua empresa (e provavelmente pouco interessadas estão em seus produtos).

A troca de contatos com parceiros que vendem para um público semelhante não passa de uma ilusão. No fim, acaba saindo a mesma coisa que comprar uma lista de um fornecedor!

A explicação por trás dessa atitude que deve ser deixada para trás é simples: você não deve enviar e-mails para pessoas que não estão interessadas em falar com vocês. Diversas razões permeiam essa regra e, entre elas, está o fato de que você pode ser facilmente marcado como spam, atrapalhando a chegada de mensagens para aquelas pessoas que realmente querem receber comunicações.

LGPD: Tudo que você precisa saber está nesse ebook!

2. Subestimar o poder do e-mail marketing

e-mail marketing é um canal tradicional dentro do digital, mas não é por ser consagrado que caiu em desuso. A combinação de uma estratégia correta, bem alinhada ao que sua marca tem como proposta e com o apoio de canais complementares, pode fazer com que o e-mail marketing seja sua principal fonte de tráfego, relacionamento ou vendas. Tudo depende!

Existem empresas que utilizam o e-mail marketing puramente para a transmissão de conteúdos para seus públicos. Outros trabalham com retargeting e mostram aos seus contatos produtos que foram deixados no carrinho, por exemplo. São estratégias diferentes, mas que são altamente eficientes se feitas da maneira correta.

Não subestime a usabilidade do e-mail marketing e seu poder para melhorar o seu negócio. Desenhe uma estratégia voltada para o seu caso, pensando em métricas interessantes para a sua necessidade!

Entenda como evitar uma alta bounce rate no seu e-mail

3. Enviar muitos e-mails ou sumir da caixa de entrada por semanas

A estratégia de e-mail marketing exige um timing correto: ao mesmo tempo que você não deve lotar a caixa de seus contatos com disparos que soam repetitivos (e podem ser taxados como spam), não é uma boa atitude sumir por semanas.

O ideal é uma frequência equilibrada. Seus contatos devem se lembrar de você, então é preciso que seus disparos sejam feitos com uma regularidade que garanta que sua empresa não soe como uma completa desconhecida quando surgir novamente. Entretanto, a insistência de enviar muitas mensagens pode causar um desconforto em seus contatos, causando opt-outs de sua base.

Lembre-se de sempre avaliar o comportamento de seus contatos e se colocar no lugar daqueles que recebem seus e-mails: “será que estou sendo incômodo ou estou muito sumido?” – essa é uma pergunta a se fazer!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *