5 métricas de Inbound Marketing que você deve analisar

Quer melhorar seus resultados com o Inbound Marketing e estruturar suas próximas ações, mas não sabe para quais métricas olhar? Vamos te ajudar com 5 métricas de Inbound Marketing que você deve analisar.

O Inbound é uma estratégia que nasceu no marketing pensando na jornada de um cliente e sua maturidade até a decisão de compra. O que antes era utilizado apenas para produtos corporativos de alto valor, hoje pode ser replicado para diferentes negócios.

O que define o conjunto de ações para Inbound Marketing é: conteúdo relevante, acompanhamento da jornada do cliente até sua decisão de compra e o funil (que serve para classificar o nível de maturidade de um lead). Em outra palavras, estamos falando de táticas que irão atrair clientes interessados em seus produtos, fornecendo conteúdo relevante que servirá no processo de amadurecimento, classificado pelo conhecido funil do Inbound Marketing. Todo esse percurso é montado de maneira sistemática para que no final o cliente vá ao seu encontro!

Mas, para que suas táticas de Inbound Marketing tragam o resultado esperado, é preciso que você fique de olho em métricas fundamentais que servem para medir, por exemplo, como anda sua atratividade, os custos para ter uma conversão de venda e a qualidade dos leads que você está obtendo.

Para descomplicar e facilitar a organização de suas estratégias, reunimos neste artigo 5 métricas de Inbound Marketing que você deve analisar. Siga lendo:

1. ROI (Retorno sobre o investimento)

Começamos com uma das métricas de Inbound Marketing mais importantes, cuja função é analisar se os esforços e investimentos aplicados estão sendo financeiramente rentáveis.

Para calcular o ROI, basta ter somado todo o faturamento obtido após a aplicação das novas estratégias que você deseja analisar. Subtraia este valor pelo investimento realizado (desde a compra de mídia até custos operacionais) e faça uma divisão do resultado novamente pelo investimento. Depois dessa simples conta, é só multiplicar por 100 para descobrir o % de retorno sobre o investimento.

2. Tráfego das páginas

Outra métrica importante para seus insights é o tráfego das páginas utilizadas em sua estratégia de Inbound Marketing. Neste tópico, além de analisar o crescimento dos números, é importante saber muito bem quais são as fontes destes acessos.

Você está obtendo acessos via campanhas nas redes sociais? Google Ads? SEO? Quais destes canais estão sendo mais promissores em sua estratégia, dignos de ter um fortalecimento em investimento? Saber combinar uma análise quantitativa do tráfego com uma visão qualitativa desses acessos é fundamental para o sucesso de suas campanhas e leva para nossa métrica seguinte.

3. CPV (Custo por visita)

Baseado nos canais que você consegue obter tráfego hoje, quanto custa cada visita que você recebe? Com essa métrica muito bem estipulada em seus relatórios, você poderá identificar quais são as melhores oportunidades de investimento, quais canais precisam de uma revisão em suas abordagens e outros insights.

A conta para obter o CPV é bem simples: basta dividir o investimento realizado em cada canal e dividir pelo número de visitas no período analisado. Exemplo:
R$ 15.000 (investimento) / 5.000 (visitas) = R$ 3

4. CPL (Custo por lead)

Saber quanto custa para obter um lead é fundamental para parametrizar as próximas previsões e definir quais serão os KPIs dos próximos meses ou campanhas. Assim como o ROI, essa é outra importante métrica para saber se suas estratégias estão sendo efetivas.

Para calcular o CPL você deve ter na ponta do lápis quais foram os gastos no período selecionado ou campanha analisada. Basta dividir este número pela quantidade de leads que você conseguiu obter. Segue exemplo:
R$ 12.000 (valor gasto na campanha) / 600 (número de leads) = R$ 20

Você pode ir ainda mais fundo com essa conta, sabendo, por exemplo, qual é o custo para obter um lead qualificado. É só adaptar!

5. Taxa de rejeição

Essa é uma métrica do Inbound Marketing que é numérica, mas serve para basear uma análise totalmente qualitativa de sua estratégia.  A taxa de rejeição diz respeito a quem entrou em sua página e saiu sem clicar em nenhum link, permanecendo apenas na home ou landing page por poucos segundos.

Uma taxa de rejeição muito alta pode significar que sua página não esteja entregando as informações necessárias para seu possível lead com clareza, problemas técnicos no carregamento ou até mesmo decisões erradas quanto o texto disponibilizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *